All That I'm Living For/pt

From The Evanescence Reference
Jump to: navigation, search

__NOTITLE__

All That I'm Living For: Tudo Pelo Que Eu Estou Vivendo

All That I'm Living For
Anything For You
Anywhere
Ascension Of The Spirit
Away From Me
Before The Dawn
Bleed
Breathe No More
Bring Me To Life
Call Me When You're Sober
Catherine
Cloud Nine
Demise
Eternal
Even In Death
Everybody's Fool
Exodus
Faixa Five
Farther Away
Field of Innocence
Forever You
Forgive Me
Give Unto Me
Going Under
Good Enough
Goodnight
Haunted
Hello
Hi-Lo
If You Don't Mind
Imaginary
Lacrymosa
Lies
Like You
Listen To The Rain
Lithium
Lose Control
Missing
My Immortal
My Last Breath
October
Origin
Snow White Queen
So Close/es
Solitude
Spanish
Surrender
Sweet Sacrifice
Taking Over Me
The End
The Last Song I'm Wasting On You
The Only One
Together Again
Tourniquet
Understanding
Weight of the World
Where Will You Go
Whisper
You Got A Lot To Learn
Your Love
Your Star

Article.png All That I'm Living For is available in english. See the article

All That I'm Living For está disponible en español. Ver el artículo

Το άρθρο All That I'm Living For είναι διαθέσιμο στα ελληνικά. Δείτε το άρθρο

All That I'm Living For è disponibile in italiano. Vedi l'articolo

All That I'm Living For به زبانِ پارسی موجود است. مقاله را از اینجا بخوانید

Informações Gerais

Escrita por: A. Lee e J. LeCompt


"All That I'm Living For" é a música do segundo álbum de estúdio do Evanescence, The Open Door. Ela foi descrita de acordo com um artigo da MTV como "um devastador mix eletrônico, guitarras abrasivas e vocais doces de Amy Lee".[1] Essa música seria o terceiro single de The Open Door, entretanto após ter visto as solicitações da banda e a reação dos fãs, a gravadora escolheu Sweet Sacrifice para ser lançada. [2] "All That I'm Living For" foi adicionada ao set-list da The Open Door Tour (2006-07).[1][3] Mais tarde ela foi tocada no show secreto em Nova York em 4 de Novembro de 2009,[4][5] e foi tocada novamente dois anos mais tarde no War Memorial Auditorium em Nashville em 17 de Agosto de 2011.[6]

De Metal Edge Magazine

Vin1.jpg A hard rock “All That I’m Living For” se foca na própria banda. Sua gênese veio da constatação que Lee teve um dia, que sua banda era sua vida. “Eu não faço mais nada,” ela diz. “Estou escrevendo para a banda, viajando pela banda, dando uma entrevista sobre a banda, ou pensando na próxima coisa que quero escrever. É minha vida, e eu amo isso, mas é uma relação de amor/ódio.” Vin2.jpg


De VH1.com [7]

Vin1.jpg Descrição da Amy sobre a música: "Eu amo essa música. Ela é realmente diferente para nós. A letra é sobre meu processo de escrita-como eu uno as coisas, por que eu faço isso, e como eu tento consertar tudo que esteja errado através da música. A primeira frase diz, "Save me from the night again/ I can feel the separation from the living."[8] É sempre noite quando eu começo a escrever, logo depois de anoitecer." Vin2.jpg


Versões

Versões de estúdio:

All That I'm Living For

  • Data de gravação: setembro de 2005 - março de 2006
  • Status: Lançada
  • Lançado em: The Open Door (faixa #12)
  • Duração: 3:48


Versões ao vivo:

All That I'm Living For [ao vivo]

  • Período de apresentação: 5 de outubro de 2006 - 8 de dezembro de 2007
  • Status: Não Lançada
  • Exemple: Ao vivo no KROQ Almost Acoustic Christmas 2006

All That I'm Living For [acústico] [9]

  • Período de apresentação: agosto-setembro de 2006
  • Status: Lançada
  • Lançado em: Lithium Maxi CD single
  • Data de gravação: 13 de agosto de 2006
  • Local de gravação: Sony Studios
  • Duração: 4:31

Letra

Versão do Álbum

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night

I can feel the night beginning
Separate me from the living
Understanding me
After all I've seen
Piecing every thought together
Find the words to make me better
If I only knew how to pull myself apart

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night
All that I'm wanted for
Although I wanted more
Lock the last open door
My ghosts are gaining on me

I believe that dreams are sacred
Take my darkest fears and play them
Like a lullaby
Like a reason why
Like a play of my obsessions
Make me understand the lesson
So I'll find myself
So I won't be lost again

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night
All that I'm wanted for
Although I wanted more
Lock the last open door
My ghosts are gaining on me

Guess I thought I'd have to change the world
To make you see me
To be the one
I could have run forever
But how far would I have come
Without mourning your love?

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night
All that I'm wanted for
Although I wanted more
Lock the last open door
My ghosts are gaining on me

Should it hurt to love you?
Should I feel like I do?
Should I lock the last open door
My ghosts are gaining on me

Versão Acústica

I can feel the night beginning
Separate me from the living
Understanding me
After all I've seen
Piecing every thought together
Find the words to make me better
If I only knew how to pull myself apart

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night
All that I'm wanted for
Although I wanted more
Lock the last open door
My ghosts are gaining on me

I believe that dreams are sacred
Take my darkest fears and play them
Like a lullaby
Like a reason why
Like a play of my obsessions
Make me understand the lesson
So I'll find myself
So I won't be lost again

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night
All that I'm wanted for
Although I wanted more
Lock the last open door
My ghosts are gaining on me

Guess I thought I'd have to change the world
To make you see me
To be the one
I could have run forever
But how far would I have come
Without mourning your love?

All that I'm living for
All that I'm dying for
All that I can't ignore alone at night
All that I'm wanted for
Although I wanted more
Lock the last open door
My ghosts are gaining on me

Should it hurt to love you?
Should I feel like I do?
Should I lock the last open door
My ghosts are gaining on me

Tradução da Letra

Versão do Álbum

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite

Eu posso sentir a noite começando
Separando-me da vida
Compreendendo-me
Depois de tudo que eu vi
Remendando cada pensamento em um só
Encontrando as palavras pra me fazer sentir melhor
Se eu ao menos soubesse como me dividir em duas

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite
Tudo pelo que sou quista
Embora eu quisesse mais
Tranque a última porta aberta
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Eu acredito que sonhos são sagrados
Pegam meus medos mais sombrios e brincam com eles
Como uma canção de ninar
Como a razão das coisas
Como um teatro de minhas obssessões
Fazem-me compreender a lição
Então eu me encontrarei
Então eu não estarei perdida outra vez

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite
Tudo pelo que sou quista
Embora eu quisesse mais
Tranque a última porta aberta
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Acho que eu pensava que teria de mudar o mundo
Para fazer com que você me visse
Para ser a única
Eu poderia ter fugido pra sempre
Mas quão longe eu chegaria
Sem lamentar pelo seu amor?

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite
Tudo pelo que sou quista
Embora eu quisesse mais
Tranque a última porta aberta
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Deveria me machucar amar você?
Deveria me sentir como me sinto?
Deveria trancar a última porta aberta?
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Versão Acústica

Eu posso sentir a noite começando
Separando-me da vida
Compreendendo-me
Depois de tudo que eu vi
Remendando cada pensamento em um só
Encontrando as palavras pra me fazer sentir melhor
Se eu ao menos soubesse como me dividir em duas

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite
Tudo pelo que sou quista
Embora eu quisesse mais
Tranque a última porta aberta
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Eu acredito que sonhos são sagrados
Pegam meus medos mais sombrios e brincam com eles
Como uma canção de ninar
Como a razão das coisas
Como um teatro de minhas obssessões
Fazem-me compreender a lição
Então eu me encontrarei
Então eu não estarei perdida outra vez

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite
Tudo pelo que sou quista
Embora eu quisesse mais
Tranque a última porta aberta
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Acho que eu pensava que teria de mudar o mundo
Para fazer com que você me visse
Para ser a única
Eu poderia ter fugido pra sempre
Mas quão longe eu chegaria
Sem lamentar pelo seu amor?

Tudo pelo que eu estou vivendo
Tudo pelo que eu estou morrendo
Tudo que eu não posso ignorar sozinha à noite
Tudo pelo que sou quista
Embora eu quisesse mais
Tranque a última porta aberta
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Deveria me machucar amar você?
Deveria me sentir como me sinto?
Deveria trancar a última porta aberta?
Meus fantasmas estão se aproximando de mim

Tablaturas e Partituras

Notas e Referências

  1. 1.0 1.1 Cite error: Invalid <ref> tag; no text was provided for refs named hammerstein
  2. Lee, Amy. All That I'm Living For (tópico) - change of heart (post) - EvThreads
  3. Cite error: Invalid <ref> tag; no text was provided for refs named dunkin
  4. Cite error: Invalid <ref> tag; no text was provided for refs named blabbersecret
  5. Cite error: Invalid <ref> tag; no text was provided for refs named stonesecret
  6. Cite error: Invalid <ref> tag; no text was provided for refs named nashville2011
  7. C. Bottomley. Evanescence: Amy Lee Explica as Novas Músicas - VH1.com
  8. Sim, essa frase é diferente na música mesmo. Isso poderia ser a versão original da letra ou Amy só se confundindo.
  9. Apresentada por Amy Lee (piano, voz), John LeCompt (guitarra acústica) e David Eggar (violoncelo)
Amy Lee | Terry Balsamo | Tim McCord
Membros Convidados: Will Hunt | Troy McLawhorn
Antigos Membros: David Hodges | Ben Moody | William Boyd | John LeCompt | Rocky Gray
EPs: Evanescence EP | Sound Asleep EP | Mystary EP
Álbuns: Origin | Fallen | The Open Door
Álbuns ao vivo: Anywhere But Home
Singles: Bring Me To Life | Going Under | My Immortal | Everybody's Fool
Call Me When You're Sober | Lithium | Sweet Sacrifice | Good Enough
Outros singles: Imaginary | Missing | Weight of the World | Together Again
Artigos Afins
Tudo de A a Z | Músicas | Merchandise | Shows | Fontes e Logos | Assuntos Relacionados